Procura de Leis :
 Número da Lei :


Na parte superior do escudo bi-partido, a panóplia, composta do gibão de armas, do arcabuz e do machado pintados ao natural sobre fundo de vermelho (ou goles), relembra os grandes bandeirantes sorocabanos Paschoal Moreira Cabral, Fernão Dias Falcão, os irmãos Paes de Barros e tantos mais.      

A parte inferior relembra a primitiva mineração do ferro, a primeira que se realizou no Brasil, nos arredores de Sorocaba, no morro do Araçoiaba - uma montanha negra (ou sable) sobre fundo de ouro. Os suportes do escudo, os dois unicórnios que são os cavalos heráldicos, recordam as feiras de muares (1733 - 1897) que tão notável papel representaram para a conservação da unidade nacional no sul do Brasil.

          O pequeno escudo com a flor de lírio sobre a porta principal da coroa mural lembra que a cidade tem por orago Nossa Senhora da Ponte. A divisa "Pro Una Libera Patria Pugnavi" ou "Pugnei pela Pátria Una e Livre" recorda o papel de Sorocaba pelas feiras de muares e ainda a parte que tomou nos acontecimentos da independência, como a criação do Batalhão de Sorocabanos, e outros fatos relativos ao pendor de Sorocaba pela implantação da liberdade no Brasil. A roda dentada estampada no listão lembra a notável preeminência obtida em nossos dias pela indústria sorocabana.

Autor do projeto e desenho do brasão: Dr. Affonso d'Escragnolle Taunay (Historiador e diretor do Museu Paulista).

Legislação: Lei nº 189, de 23 de março de 1925 e Lei nº 47, de 13 de setembro de 1948.

Panóplia = Armadura de cavaleiro da Idade Média.
Gibão = Vestidura antiga, que cobria os homens desde o pescoço até a cintura.
Arcabuz = Antiga arma de fogo portátil, espécie de bacamarte.
Goles = Esmalte vermelho.
Sable = A cor preta dos brasões.
Unicórnio = Que sótem um chifre.
Heráldico = Relativo a brasões.
Muar = Pequeno animal resistente ao transporte de carga em regiões montanhosas.
Lírio = Designação comum a numerosas plantas da família das liliáceas, providas de flores alvas e perfumadas.
Orago = Santo da invocação que dá o nome a uma capela ou templo.
Pendor = Propensão, inclinação, tendência, vocação.
Listão = Tira, faixa, cinta.