Resumo de matérias – João Donizeti Silvestre

Tipo de Matéria Quantidade
_ 1
Requerimento 1063
Projeto de Resolução 5
Projeto de Lei Ordinária 495
Projeto de Emenda à Lei Orgânica 3
Projeto de Decreto Legislativo 59
Moção 16
Indicação 895
Total 2537
Observação: neste Site estão cadastrados projetos a partir de 2009 e demais matérias a partir de 2012.
João Donizeti Silvestre nasceu em 11 de junho de 1961, na cidade de Itu, pois o hospital mais próximo do bairro do Cajuru, local onde reside até hoje, era na cidade vizinha. JD, carinhosamente chamado por amigos, é o segundo filho de Aparecida Hortência Monteiro e Domingos Silvestre. Família que se inseriu por volta do ano de 1930 na Zona Industrial da cidade que, na época, era Zona Rural. Em sua infância, Donizeti desbravava diversas matas do bairro do Cajuru, formada pela transição dos biomas de Mata Atlântica e do Cerrado. Foi nessa biodiversidade, que despertou seu interesse por animais, plantas e águas. Na juventude, foi estudante da Escola Estadual Francisco Coccaro - ensino fundamental - no bairro do Éden. Lá, foi alfabetizado e aprendeu o significado do respeito e da disciplina. No ensino Médio, estudou na Escola Técnica Rubens de Farias e Souza, no curso técnico de Mecânica. João trabalhou por quase 4 anos na empresa CINASA, na cidade de Itu, como Programador de Produção. Já no bairro do Éden, atuou por 12 anos na fábrica Pirelli, como Apontador. Apontador é uma espécie de quem integra os trabalhos, pois faz o acompanhamento das obras e o cumprimento do planejado. Nesse período, João desenvolveu aptidões e habilidades como disciplina, respeito, socialização, empatia, equilíbrio, discernimento, valorização da família e gerenciamento de emoções. Outro aspecto que acresceu neste período foi seu lado social, no sentido de servir sua comunidade, como porta-voz. Seja na luta por infraestrutura ou nas áreas de saúde e educação. Com engajamento social, foram conquistados importantes investimentos no Éden e no Cajuru: saneamento básico (água e esgoto), iluminação, asfalto e uma Unidade Básica de Saúde. João Donizeti formou-se em Administração de Empresas, no ano de 1985, capacitando-se a gerenciar organizações (públicas e privadas), em seus diversos níveis e instâncias, fortalecendo sua interação com o meio social, no sentido de promover as transformações necessárias ao desenvolvimento no âmbito empresarial/comunitário. Já em 1993, concluiu sua segunda formação, agora em História. Durante essa jornada, Donizeti se formou-se professor, e aprendeu a relevância de entender as perspectivas socioculturais e socioeconômicas da nossa nação, principalmente na tangente do Índice de Desenvolvimento Humana (IDH). Como cristão, é crente em Deus e respeita a pluralidade religiosa oriunda da miscigenação do País. Esse mix de atribuições, fez com que fosse convidado para ingressar na vida pública, presidindo a Sociedade Amigos de bairros do Cajuru e adjacências por mais de dez anos e tornando-se membro de conselhos de várias ONGs da cidade. Assim, João Donizeti é formado em História e em Administração de Empresas, professor, foi Secretário de Planejamento da cidade e está em seu sétimo mandato como vereador de Sorocaba. Foi eleito presidente da Câmara Municipal por duas vezes, em 1997 e em 2004. E acredita que a política é a arte do impossível. Sendo por meio dessa arte, que edifica-se uma cidade eficiente e com menos desigualdade social. Atualmente é o Líder de Governo na Câmara, 2º secretário da Mesa Diretora e Presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente e de Proteção e Defesa dos Animais. Entre as inúmeras leis de sua autoria destacam-se: a proibição de queimadas no município; a criação do Sistema Municipal de Preservação das Nascentes e dos Mananciais; a proibição de maus-tratos aos animais; a realização de exames para triagem auditiva neonatal universal (o Teste da Orelhinha) em recém-nascidos na rede pública hospitalar; e o direito a velório gratuito para pessoal de classe financeira menos favorecida.